Carregando Carregando...
Fechar menu
Fechar menu

Meu carrinho (0 itens)

Quais são os danos causados pelo uso da Chapinha, Secador e Baby-Liss?

Saúde

Secadores de cabelo, modeladores e chapinhas são ferramentas que usamos com frequência para modelar e mudar a estrutura natural dos nossos cabelosCom elas, qualquer um pode transformar um cabelo liso em cacheados, ou um cabelo encaracolado perfeitamente liso.  

Mas, você já se perguntou como o calor da ferramenta de modelagem consegue mudar a estrutura do seu cabelo?  

Bem, é importante saber que o cabelo é composto por várias camadas. Dentro de uma dessas camadas, existem vários tipos de ligações químicas, uma delas sendo as pontes de hidrogênio. Essas são as ligações que existem em maior quantidade nos fios, também, as mais fáceis de serem manipuladas.  

Isso significa que, cada vez que o fio de cabelo entra em contato com partículas de água, essas pontes se rompem. No entanto, essas ligações voltam a se formar assim que o cabelo é seco.  

São essas ligações químicas que são manipuladas quando é realizada uma escova ou um babyliss no cabeloAo posicionar so fios de cabelo na forma que se deseja para finalizar o penteado e eliminar a umidade excessiva existenteessas pontes de hidrogênio são refeitas na posição desejada. 

Se você usa um secador de cabelo, uma chapinha, ou modelador de cachos por exemplo, é muito provável que a temperatura dessas ferramentas de modelagem estejam muito acima do que o seu cabelo pode suportar. Imagine se os fios dos seus cabelos fossem semelhantes à sua pele: o que acontece se você encostar a chapinha quente nela? A única razão pela qual você consegue suportar esse mesmo calor no cabelo é porque não ele não sente dor! 

Mas os danos estão acontecendo: a maioria das ferramentas térmicas profissionais tem ajustes de temperatura que variam de 200 a 250 graus C, mas NENHUM cabelo deve ser submetido a um calor de 200 graus ou mais, ao menos que um profissional licenciado esteja fazendo um serviço específico que exija essa temperatura! 

A verdade é que o calor excessivo das ferramentas térmicas pode, no curto prazo, deixar os cabelos opacos e totalmente exposto às quebras; e, pior, ao longo prazo, pode danificar a textura e a reduzir a saúde dos fios pois, independentemente do protetor térmico que você usa, o calor remove uma grande parte da umidade interna dos fios.  

Mas, que danos o calor pode causar aos meus cabelos?  

A aplicação de calor excessivo no fio pode danificar a cutícula, que é a camada externa do fio, que existem para proteger e impedir que elementos prejudiciais cheguem ao córtex capilar. O calor quebra essa camada protetora e, com o tempo, danifica a camada interna (o córtex), deixando os cabelos opacos e secos e, em situações extremas, fragilizando e causando a quebra da fibra 

Já estou até ouvindo:  Linda, e agora? Eu não posso sair de casa sem usar minha chapinha ou meu babyliss! O que eu faço??? 

A verdade é que, cada tipo e textura de cabelo reagem melhor a determinadas temperaturas: Os cabelos finos devem ser modelados usando temperaturas mais baixas, enquanto cabelos com texturas mais grossas precisam usar temperaturas mais altas.  

Por exemplo, é possível modelar perfeitamente os cabelos finos com temperaturas entre 90 e 140 graus C. Essa também é a temperatura ideal para os cabelos coloridos, pois temperaturas mais altas podem causar mais danos e desbotamento da cor. Já um cabelo médio pode ser modelado à 175o Celsius, enquanto os cabelos grossos e crespos precisam de uma temperatura de, no máximo, 200 graus Celsius. 

Chapinhas, babylisssecadores, ou modeladores devem operar dentro dos mesmos limites. A melhor maneira de descobrir a temperatura ideal para o seu cabelo é perguntar ao seu cabelereiro, pois ele conhece os sues fios melhor que ninguém. Na próxima visita ao salão, peça a opinião dele sobre qual a temperatura mais indicada para você modelar seu cabelo em casa sem causar danos. 

Mas uso de temperaturas erradas para modelar seus cabelos também têm outras consequências negativasNão é novidade que, ao usar os aparelhos de modelagem, seu cabelo vai ficar sem vida e com aspecto de ressecado, o que significa que o seu penteado não vai durar muito tempo.  

Então, a regra deve ser sempre observar seu cabelo de perto: Se você notar qualquer cheiro de queimado ou muito vapor ou fumaça, a ferramenta está muito quente. Por outro lado, se você tiver que repassar a ferramenta diversas vezes em uma única mecha de cabelo para conseguir a modelagem desejadaa ferramenta está muito fria. É simples assim! 

Linda, o que eu devo fazer para proteger meu cabelo na hora de usar o secador? 

Bom, todas nós temos pelo menos uma ferramenta térmica em nosso arsenal de modelagem capilar, mas cuidado, como vimos, elas também podem ser muito prejudiciais para o nosso cabelo. Crie seu estilo e proteja seus fios  e anote aí algumas dicas protetoras aprovadas pelos profissionais do Stephen Knoll Salon em Nova York. 

Fortaleça os fios durante o banho: 

Se você faz a modelagem térmica regularmente, procure fortalecer seus cabelos constantemente para evitar o ressecamento e a quebra. Por isso que é importante reforçar os fios enfraquecidos usando shampoos e condicionadores enriquecidos com proteínas, aminoácidos, e lipídeos para nutrir e proteger a fibra capilar. Os produtos da SKNY usam vários ingredientes que fazem exatamente isso: nossas fórmulas nutrem a cutícula danificada, enquanto protegem contra as agressões externas para tornar os fios mais fortes e resistentes. 

Separe um tempinho para reparar com uma boa máscara capilar: 

Usar shampoo e condicionador com fórmulas enriquecida é importante, mas, para maximizar os resultados de reparação, reserve de 5 à 10 minutos uma vez por semana para fazer um tratamento mais profundo. Além de um reforço de nutrição, nossas máscaras ingredientes especiais como Ácido Hialurônico, Óleo de Oliva, e Seda Hidrolisada para repor a umidade perdida e reparar as cutículas danificadas (comprometidas pelo calor).  

Dê um break aos seus fios. 

Quem nunca puxou o cabelo com uma escova enquanto secava o secador, ou esticou os cachos ao máximo com a chapinha tentando deixá-los? Você não está só, amiga! modelagem térmica pode ser muito perigosa para as madeixas, portanto, é importante ser bem gentil em todas as outras etapas de cuidado capilares: ao desembaraçar os cabelos, comece pelas pontas com um pente de dentes largos, depois, lenta e cuidadosamente, suba do comprimento até as raízes; e, ao secar com a toalha, aperte os cabelos suavemente, nunca (nunca!) esfregue a toalha. 

Sempre use um bom protetor térmico. 

Além de usar shampoos, condicionadores, e máscara enriquecidos com ingredientes de proteção, você também deve sempre usar um protetor térmico antes de fazer uma escova ou secar os cabelos“Eu falo para todos meus clientes: veja o protetor térmico como o filtro solar para seus cabelos,” diz Stephen Knoll. “Aplique generosamente e certifique-se de que os fios estejam totalmente e uniformemente cobertos.” Stephen também aconselha que a maioria dos protetores térmicos funcionam melhor em cabelos que estão pelo menos 50% secos. “Continuando com a analogia protetor solaro protetor térmico vai ser melhor distribuído e absorvido, além de não ser diluído, quando aplicado em cabelos levemente úmidos”, explica Stephen. 

Nunca seque o cabelo encharcado. 

“Antes de começar a secar com uma ferramenta térmicaprocure deixar os cabelos estarem pelo menos 75% secos naturalmente.” Stephen sugere deixar os cabelos envoltos numa toalha tipo turbante por cerca de 15 a 20 minutos. “Claro que cada cabelo reage diferentemente, mas, se possível, não comece a secar imediatamente com a escova redonda diz Stephen. Seque primeiro usando os dedos e o secador em temperatura média para remover a maior parte da água restante nos fios. Só quando o cabelo estiver quase seco que você deve começar a modelar com a escova. “Nesse ponto, você pode minimizar ainda mais os danos direcionando secador para baixo da haste, na direção às pontas”, diz Stephen. “Esse movimento reduz o calor direto aplicado ao cabelo, e ajuda a fechar as cutículas, evitando o frizz e dando mais brilho!” 

Ajuste a temperatura – para baixo! 

Nem todos os tipos de cabelo precisam ser modelados com uma ferramenta a 200 graus. Na verdade, a maioria não. Vale à pena investir numa ferramenta de modelagem térmica que permita a regulagem de temperatura conforme as necessidades do seu cabelo. “A maioria dos cabelos, sejam eles finos, médios, coloridos ou cachados, podem ser facilmente modelados com temperaturas entre em 150º e 190º C,” diz Stephen. Um alerta: “A temperatura ideal para modelar os cabelos é aquela que permite você obter o resultado desejado em uma passada da ferramenta térmica. Se você diminuiu tanto a temperatura que precisa passar a chapinha três ou quatro vezes para alisar o cabelo, isso é igualmente prejudicial,” ensina. Seu objetivo: encontrar a temperatura mais baixa que ainda permite que você faça seu penteado com eficiência. 

Com essas dicas, sabemos que o seu cabelo ficará protegido! E para ficar ligada em mais diquinhas de como cuidar do cabelo em qualquer situação, acompanhe nosso blog e as redes sociais, pois toda semana tem novidade para você. 

Ah, se você tem uma dica de ouro pra proteger seu cabelo, não se esqueça de deixar nos comentários! 

 Beijinhos, Linda!